domingo, 11 de dezembro de 2011

Curiosidades sobre Harry Potter Parte 3 '' A Pedra Filosofal ''



"A pedra Filosofal"



Esta é a parte 3 das Curiosidades sobre Harry Potter, Hoje começa com curiosidades sobre o primeiro livro/filme:"A pedra Filosofal" continuando assim com "A Câmara Secreta""O Prisioneiro de Azkaban""O Cálice de Fogo", "A Ordem da Fênix", "O Enigma do Príncipe", e por fim "As Relíquias da Morte".

Curiosidades sobre "A pedra Filosofal"(obs: Podem haver curiosidades iguais a outras postadas anteriormente)


A Ideia de Rowling
 -A idéia que deu origem a saga Harry Potter ocorreu à autora J. K. Rowling durante uma viagem de trem entre as cidades inglesas de Manchester e Londres, na qual, segundo a mesma, Harry Potter simplesmente “surgiu em sua cabeça completamente pronto”. Ao final da viagem, a maioria dos 
personagens que figuraram nas sete aventuras potterianas, afirma a autora, já estavam com seus contornos definidos. O livro Harry Potter e a Pedra Filosofal, contudo, só foi finalizado e publicado sete anos depois, em 1997. Nesse intervalo de tempo entre a idéia que deu origem à saga e a publicação do primeiro livro, além de modificar a história inúmeras vezes, a autora também planejou os seis próximos livros. Em entrevista, contudo, J. K. Rowling revelou que o nome de todos os personagens principais que apareceram durante a série foram escolhidos antes de o primeiro livro ser lançado; - Nos Estados Unidos da América, o livro Harry Potter e a Pedra Filosofal (tradução literal do original, Harry Potter and the Philosopher’s Stone) foi publicado com um título diferente da versão britânica: Harry Potter and the Sorcerer’s Stone (Harry Potter e a Pedra do Bruxo), em conseqüência da grande empolgação da autora Rowling, que permitiu a troca devido ao sucesso das exportações do livro. Em toda a saga o primeiro livro foi, contudo, o único com título diferente nos Estados Unidos da América e Grã-bretanha, em conseqüência, talvez, do arrependimento que J. K. Rowling afirmou sentir algum tempo após ter permitido a troca do título de Pedra Filosofal.

Recusado 10 vezes
- Em função do elevado número de páginas para um livro até então considerado infantil, Harry Potter e a Pedra Filosofal, conta a autora J. K. Rowling, foi recusado por mais de dez editoras britânicas, até ser aceito pela, na época, singela Bloomsbury, que comprou os direitos autorais da saga e reservou o direito de lançar na Grã-Bretanhã todos os seis livros seguintes.

Mudança nos EUA
- Nos Estados Unidos da América, o livro Harry Potter e a Pedra Filosofal (tradução literal do original, Harry Potter and the Philosopher’s Stone) foi publicado com um título diferente da versão britânica: Harry Potter and the Sorcerer’s Stone (Harry Potter e a Pedra do Bruxo), em conseqüência da grande empolgação da autora Rowling, que permitiu a troca devido ao sucesso das exportações do livro. Em toda a saga o primeiro livro foi, contudo, o único com título diferente nos Estados Unidos da América e Grã-bretanha, em conseqüência, talvez, do arrependimento que J. K. Rowling afirmou sentir algum tempo após ter permitido a troca do título de Pedra Filosofal.

O Capítulo preferido de J.K
- Em entrevista, a autora J. K. Rowling revelou que seu capítulo preferido do livro Harry Potter e a Pedra Filosofal é o décimo, O Dia Das Bruxas, que, segundo ela, precisou ser reescrito mais de dez vezes.

Lançamento no Brasil
- O livro foi lançado mundialmente em língua inglesa em 31 de junho de 1997, mas no Brasil chegou apenas quase três anos depois, no primeiro dia do ano 2000; Foram 190 000 cópias produzidas no Brasil como tiragem inicial, o que era raro para o Brasil na época uma tiragem tão grande;

Palavras Equivocadas
- Antes do lançamento de Harry Potter e a Pedra Filosofal, o editor Barry Cunningham, da Bloomsbury (editora britânica) aconselhara J. K. Rowling de que mantivesse um emprego fixo pois, segundo ele, ela não tinha grandes chances de fazer dinheiro com livros infantis.

A Pedra Filosofal - Filme
O produtor, David Heyman, já pretendia filmar Harry Potter e a Pedra Filosofal desde 1997, quando J.K. Rowling e seu personagem ainda eram totalmente desconhecidos. Heyman entrou em contato com a Warner Bros., que comprou os direitos de filmagem por £1 milhão.

Atrasos
Devido a intensa participação de J.K. Rowling na produção do filme, o lançamento do livro Harry Potter e a Ordem da Fênix, que era previsto para meados de 2002, acabou atrasando para o ano seguinte.

Stven Spielberg queria Harry Potter em Animação
Steven Spielberg, Terry Gilliam, Jonathan Demme, Alan Parker, Rob Reiner e Brad Silberling foram cotados para dirigir Harry Potter e a Pedra Filosofal, mas Chris Columbus foi o escolhido porque prometeu ser fiel ao livro (o que lhe rendeu muitas críticas pela imprensa) e possuía experiência em trabalhar com atores jovens.Os planos de Spielberg eram para um filme animado, com Haley Joel Osment o protagonista de "A.I - Inteligência Artificial", dublando Harry.

Compositor renomado para Harry Potter
O compositor da trilha-sonora é John Williams, que sempre trabalhou em filmes de grande bilheteria: todos os filmes da série Star Wars, Parque dos Dinossauros, os três filmes da série Indiana Jones, E.T., Tubarão, Contatos Imediatos de Terceiro Grau, O Resgate do Soldado Ryan, Amistad, Superman, entre vários outros.

Atrasos 2
O filme tinha lançamento previsto para 4 de julho de 2001, e o cronograma apertado que isto implicava espantou alguns diretores do projeto. Porém problemas na produção levaram o filme a ser remarcado para 16 de novembro.

O primeiro membro do elenco escalado
O primeiríssimo "membro do elenco" a ser escalado foi a coruja 'Ook' de 16 anos, que "interpreta" Hedwig, a coruja de Harry.

Rowling só queria britânicos
A autora J.K. Rowling insistiu para que todo elenco fosse britânico e a história fosse rodada no Reino Unido, porém houve algumas exceções:
Zoë Wanamaker, embora seja conhecida como atriz "britânica", na realidade, é americana. Ela interpreta Madame Hooch, a professora de quadribol.

Eleanor Columbus, filha do diretor Chris Columbus, que interpreta a aluna Susan Bones, nasceu nos EUA.

Emma Watson, apesar de ser uma atriz "britânica", nasceu em Paris.

Hagrid: O primeiro adulto escalado
A equipe de produção sempre fez questão de pedir a opinião de J.K. Rowling e, quando perguntada sobre quem ela imaginaria interpretando seus personagens na tela, comentou: "Robbie Coltrane é a cara de Hagrid": Ele acabou sendo o primeiro ator adulto a ser escalado para o elenco.

60 mil crianças para fazer o papel de Harry Potter
Após realizar testes com mais de 16 mil crianças para o papel de Harry Potter, a primeira diretora de elenco decidiu pedir demissão: Mais de 60 mil crianças precisaram ser testadas antes de Daniel Radcliffe ser escolhido para interpretar o personagem.

O Poder de uma criança de 11 anos
Richard Harris que fez Dumbledore nos dois primeiros filmes, somente concordou em interpretá-lo porque seu neto, de 11 anos, ameaçou não falar mais com ele.

Perdeu uma bela oportunidade
O ator Tim Roth foi chamado pelos produtores do filme para interpretar Severo Snape, mas recusou para representar o papel de um vilão símio no filme Planeta dos Macacos.

Detalhes
Alan Rickman e Robbie Coltrane foram informados por Rowling sobre aspectos ainda não publicados de Snape e Hagrid para ajudar em suas interpretações.

O personagem Peeves acabou não aparecendo no filme, apesar de Rik Mayall, seu intérprete, ter gravado algumas cenas.

Os estudos das crianças
Durante a filmagem, todos os jovens atores estudaram com professores particulares em tendas montadas no estúdio.

Pequenas Mudanças
Nos livros, Harry é descrito como tendo olhos verdes. Nos filmes, eles são azuis porque Daniel Radcliffe não se adaptou com o uso de lentes de contato.

Pequenos experientes

Dos atores mirins, apenas Daniel Radcliffe e o intérprete de Draco Malfoy, Tom Felton, tinham experiência em filme.

Refazendo cenas por nome diferente nos EUA
O filme é conhecido como Harry Potter and the Philosopher's Stone em todo o mundo, excepto nos Estados Unidos, onde chama-se Harry Potter and the Sorcerer's Stone. Por isso, todas as cenas em que a pedra filosofal foi mencionada tiveram de ser filmadas duas vezes: uma vez como philosopher e outra como sorcerer.

A Escola de Hogwarts
Ao ser anunciado que a Catedral de Gloucester seria usada para algumas cenas de Hogwarts, foram enviados vários protestos aos jornais locais, alegando ser uma blasfêmia e que a equipe do filme seria impedida de realizar o seu trabalho.
A maior parte das outras cenas em Hogwarts foram filmadas no Castelo de Alnwick e na Harrow School. A Catedral de Durham e partes da Universidade de Oxford também foram usadas como locação.
Diversos sets foram construídos nos Estúdios Leavesden (construídos em 1994 para o filme GoldenEye), dentre eles a rua dos Alfeneiros e o Beco Diagonal.
A Plataforma 9 e 3/4 foi filmada na verdadeira estação de King's Cross, mas entre as plataformas 4 e 5. Outra locação do livro que também aparece no filme foi o Zoológico de Londres.
A cabana usada durante as filmagens como a cabana de Hagrid foi demolida, no caso de alguns fãs do filme quererem invadi-la.

Detalhes 2
Numa das cenas em que Harry, Ron, e Hermione conversam com Hagrid, ele está tocando uma das músicas da trilha sonora do filme em sua flauta: Hedwig's Theme.

Um dos retratos, na cena das escadas que se movem, é uma pintura da segunda mulher do rei Henrique VIII, Ana Bolena: popularmente se acreditava que ela fosse uma bruxa.

No troféu de Quidditch do pai de Harry também constam os nomes de M.McGonagall (referindo-se a Prof. Minerva McGonagall) e de R.J.H.King (referência a John King, o diretor de arte do filme)e de Tom Marvolo Riddle (Lord Voldemort).

Como treinar roedores é muito demorado, Perebas, o rato de Ron, foi feito por computação gráfica.
Diversas empresas de efeitos especiais trabalharam no filme, como a Industrial Light & Magic criando a face de Voldemort na cabeça de Quirrell, a Rhythm & Hues animando o dragão Norberto e a Sony Pictures Imageworks criando o quadribol.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...